quinta-feira, 23 de abril de 2009

CIPÓS INDÍGENA NA MATA DE PALMEIRA

IMAGENS: EDSON SILVA
Dentre suas ocupações, o cipó é uma opção. Fazer seus exercícios pendurados num cipó, é costume matinal dos indígenas. Sua malhação predileta.

O Indío "Tibiriçá" e sua casa de taipa, mantendo a tradição indígena. Seu olhar desconfiado, astuto e matreiro a situação.

Cipó, Designação genérica das plantas sarmentosas ou trepadeiras que prendem das árvores e nelas se trançam. Encontrada nas grandes matas da região serrana em Palmeira dos Índios, servindo como divertimento aos indígenas, e fabricação para os conhecidos balaios artesanais encontrados nas feiras-livres da região para negociação. Confiantes no cipó, o indío Xucurú-Karirí não exita em fazer suas demonstrações de malabarismo como um grande trapezista sonhador, que para eles é só alegria, a aventura de estar pendurado num cipó com a ilusão de estar voando mais alto.

Nenhum comentário: