domingo, 30 de novembro de 2008

SETENTA ANOS DE VIDAS SECAS "GRACILIANO RAMOS"


Paralelamente nesta segunda-feira, primeiro de dezembro de 2008, onde as portas da Casa Museu Graciliano Ramos em Palmeira dos Índios Alagoas, estarão sendo reabertas para o público após estarem fechadas há meses pelo IPHAN, para reformas. Coincidentemente no Rio de Janeiro, o escritor Wander Mello Miranda e o fotógrafo Evandro Teixeira, "O GLOBO' estarão lançando e debatendo o livro "Setenta Anos de Vidas Secas" de Graciliano Ramos. Na oportunidade, haverá debates sobre o mesmo, e em seguida se realisará a sessão de autógrafos, para os presentes ao evento cultural, na cidade maravilhosa.

Em um só dia, Graciliano conseguiu consolidar a seu favor, três grandes eventos: A reabertura de sua Casa Museu em Alagoas, lançamento do livro: "70 anos de Vidas Secas", no Rio de Janeiro, a apresentação na TV Brasil de São Paulo, as gravações do filme "Vidas Secas" interpretado pelo único sobrevivente no papel do filho de Fabiano, quando tinha 6 anos, e atualmente com 61, reviveu com emoção as gravações. É muita coincidência par um escritor alagoano.

MENORES EM CAMPO DE LAMA


Enquanto grandes jogadores apresentan seu futebol com seus dríbles mirabolantes, nos grandes estádios, contrastando com a vida real, esses menores jogan suas peladas em um lamaçal, ilusionados que no futuro serão grandes estrêlas. As margem do Rio Paraíba, na cidade de Quebrangulo em Alagoas, crianças brincam de craques-do-futebol. Sem local adequado para exercitarem seus dribles, os mesmos praticam suas habilidades em campo de lamaçal.

sábado, 29 de novembro de 2008

CSE: UMA ESPERANÇA NO FUTEBOL ALAGOANO


Após se classificar numa partida acirrada frete ao Capelense, no estádio Juca Sampaio, em Palmeira dos Índios, o tradicional Clube Sociedade Esportiva (CSE), está formando seu novo elenco para o Campeonato do ano que vem. Dos que participaram na competição anterior, somente quatro jogadores permanecerão para a próxima temporada. Ficarão: Ronald (zagueiro), Cicinho (atacante), Sabará (lateral), e Marquinhos (atacante). O torcedor palmeirense aguarda ancioso a composição de um bom plantel para ano que vem, evitar passar veixames durante o decorrer do campeonato.

sexta-feira, 28 de novembro de 2008

Artistas Anônimos.


Everaldo Manoel, conhecido como pêta, em suas andanças pelo país, foi convidado pelo apresentador Silvio Santos para se apresentar no programa "Show de Calouros" no SBT. Chamando a atenção de um dos produtor do programa quando assistiu o "Artista de Rua" em sua apresentação na Praça de Sé no centro da cidade de São Paulo. Pêta foi convidado pelo produtor, para participar do programa, como o artista de rua, que conseguia cortar um cigarro entre os dentes, andar na corda bamba, conseguindo aplausos das pessoas que o assistia. Levado ao programa para uma participação, Pêta conseguiu arrancar do apresentador cerca de Seiscentos Cruzeiros, época, deixando telespectadores surprezos com seus malabarismos.

Auditório Graciliano Ramos.


A Casa Museu Graciliano Ramos, é composta de um auditório, com capacidade para quinhentas pessoas, onde poderão assistir exibições de seus filmes, ver suas fotografias expostas nas laterais da referida, e apresentações de teatros mostrado ao público nos finais de semana, já que a cidade não tem cinema. Com uma gravura produzida pelo pintor conhecido como Castanha, a população da cidade, se reunem para promoverem reuniões, congressos, a tradicional e conhecida "Semana Cultural Graciliano Ramos" já registrada no Calendário Cultural do Estado de Alagoas.

Casa Museu Graciliano Ramos.



Palmeira dos Índios, terra do amor. Quem a visita, prende-se a ela pela saudade, e o desejo de voltar. (Luiz B. Torres) Após passar meses em reforma feito pelo IPHAN, a Casa Museu Graciliano Ramos em Palmeira dos Índios, reabrirá suas portas ao público nesta segunda-feira. Seu funcionamento interrúpto, de segunda a segunda, das sete da manhã as dezenove horas, agora, com salas climatizadas, sala de projeções, som ambiente, dentre outros benefícios patrocinado pelo governo LULA. O visitante terá diversas opções em desfrutar da comodidade da mesma, para conhecimento e pesquisas culturais.

quarta-feira, 26 de novembro de 2008

Frei Damião, o Apóstolo do Nordeste do Brasil.


As margens da BR 220, que liga as cidades de Palmeira dos Índios e Santana do Ipanema, foi construida uma estátua em homenagen ao maior frade capuxinho que Bozzano, na Itália nos enviou para fazer suas santas missões aos fiéis desse Brasil, em territórios alagoano. Seu refúgio logo após suas missões, foi sempre o pequeno povoado de canafístula, atualmente denominado de "Canafístula de Frei Damião". Lá o frade descançava e fazia suas orações em particular, preparando-se para o dia seguinte. Todos os anos, os fiéis daquele povoado, comemora o dia do nascimento e morte do frei, e comparecem grande quantidade em romaria.

domingo, 23 de novembro de 2008

Vidas Secas Regravado por TV Brasil



Os apresentadores do programa "De Lá Prá Cá" da TV Brasil, Anselmo Góes e Vera Barroso, estiveram em Palmeira dos Índios e Minador do Negrão, para gravarem com um dos sobrevivente de "Vidas Secas", cenas marcantes vivida por Gilvan Gomes de Lima, o ator mirin representando no filme o filho de Fabiano. Após vários anos, a equipe da TV Brasil, voltou com Gilvan as caatingas do sertão de Alagoas, para gravar a cena em que ele representou aos seis anos, e chamou a atenção de cinéfilos e telespectadores pelo papel vivido como personagem em Vidas Secas. Atualmente aos 61 anos, Gilvan se emociona ao reviver a cena em que fez há cinquenta e dois anos. Outro que também teve sua emoção aflorada ao rever as cenas que participou, foi o senhor Luiz Ferro, que representou um vaqueiro em Vidas Secas. Hoje com seus 77 anos, agradece a Deus por ainda estar vivo, e relembrar seu passado no filme baseado na obra de Graciliano Ramos. Alguns personagem que participaram do filme, faleceram. Os demais ainda vivem e moram em cidades pelo interior de Alagoas.

terça-feira, 18 de novembro de 2008

A Terra de Graciliano Ramos


Na cidade em que o romancista e escritor Graciliano Ramos foi prefeito,Palmeira dos Índios em Alagoas, foi erguido um busto em sua homenagem. Logo ao chegar na cidade, o turista ou visitante irá se deparar com um gigante busto do "mestre Graça" visívelmente imenso, para uma melhor visualização e conhecimento do mesmo.

Graciliano, Romancista e Escritor ganha Monumento


O escritor e romancista Graciliano Ramos, ganhou na cidade em que foi prefeito, Palmeira dos Índios, AL um monumenmto que mostra sua cabeça gigante na entrada da cidade, visível aos visitantes e demais conterrâneos que trafegam naquela rodovia da BR 316, que liga a capital Maceió. Com uma sinalização noturna, o visitante ver ao longe a referida cabeça do escritor alagoano, bem iluninada, difícil de ser esquecida para os que estudan e fazem culturas no estado de Alagoas.

Trilha das Nacentes


O Trilheiro, com suas aventuras matinais, descobre no árido sertão de Alagoas, uma estrada para conhecer e ensinar a manter a natureza. O Rio Coruripe, que deságua em uma usina canavieira com mesmo nome, ensina a galera de como preservar seus afluentes e trilhas.

"Crescimento do Organismo"


Com o crescimento desenfreiado, o gigante Cristovão, 21 anos, com 2,29 contímetros de altura, e que estuda em um ginásio municipal, cujo assento foi fabricado sôbre encomenda, foi tema de um "Globo Repórter" com repercussão nacional, entrevistado pelo âncora do programa, José Roberto Burnier na cidade de Palmeira dos Índios em Alagoas.