quarta-feira, 5 de outubro de 2011

CORREIOS VOLTA DA GREVE EM PALMEIRA

IMAGEMS: EDSON SILVA - O comando de greve dos Correios deve se reunir na tarde desta terça-feira (4) na sede no Tribunal Superior do Trabalho (TST), em Brasília, para discutir a possibilidade do fim da greve nacional da categoria.
De acordo com José Balbino, presidente do sindicato da categoria em Alagoas, o principal entrave para o fim da paralisação gira em torno dos dias não trabalhados, com possível corte nos salários dos trabalhadores.
Entregas Postais Voltam a Funcionar
Na última semana, a diretoria dos Correios recorreu ao TST na tentativa de um acordo. A ministra Maria Cristina Paduzzi, que deverá presidir a audiência, poderá formular uma proposta consensual e deliberar sobre o fim da greve. Caso as partes não entrem em um acordo, o caso será encaminhado a um relator e julgado pela Seção Especializada em Dissídios Coletivos.

Foto: Vanessa Alencar/Alagoas 24 horas
Os trabalhadores não abrem mão do aumento linear de R$ 200,00 contra os R$ 50,00 oferecidos pela empresa. Além disso, os trabalhadores querem a reposição da inflação de 7,16%, o aumento do piso salarial de R$ 807 para R$ 1.635 e ainda a contratação imediata de todos os aprovados no último concurso público.
Ainda de acordo com Balbino, da mesma forma que a categoria elaborou plano de contingência que antecedeu a greve, os carteiros e demais funcionários preparam um plano emergencial para a distribuição das toneladas de correspondências e outros materiais estocados.
“Se acordado o fim da greve, a equipe do setor administrativo, juntamente com os terceirizados devem continuar até que a situação se normalize,” relatou Balbino que disse ainda que, atualmente, entre 60% e 70% dos funcionários em todo o Brasil suspenderam as atividades.




Nenhum comentário: