terça-feira, 2 de dezembro de 2008

ÍNDIOS E MEDO EM PALMEIRA




Uma comitiva de dez pessoas, entre elas o Secretário da Educação de Palmeira dos Índios, Euclides Júnior, se dirigiram nesta terça-feira com destino à cidade de Pesqueira-PE , com objetivo de encontrar uma orientação para o problema existente, entre índios Xucurús-Karirí, e proprietários de terras da região. Segundo o Sr. Jorge Medeiros, um dos prejudicados nessa tomada de terras pelo próprios índios, em Pesqueira, "não vejo outra solução, senão a negociação com os índios. Um exemplo deixou claro a comitiva: "minhas terras aqui, foram avaliadas em Duzentos e Cinquenta Mil reais, fui obrigado a ceder aos mesmos pelos insignificante valor de Oitenta e Nove Mil Reais. Um absurdo, a Funai tem preço para tudo, não se preocupa por nimguém", critica o proprietário. "Ainda por cima, quando não há acordo, expulsam, se o morador sair para trabalhar, ao voltarem encontrarão seus pertences jogados no meio da rua". Apelamos para todas as instâncias, perdemos para todas. Ainda tem proprietários que não receberam os valores combinados até a presente data. Pesqueira é a segunda maior cidade do interior pernambucano em termos territorial, e vale dizer que se homologarem até o praso, é como um prego batido e virado. Seu Jorge deu vários exemplos a comitiva, que é irreverssível a situação, porque voce tem suas terras, benfeitorias, mas eles alegam a tal da depreciação das mesmas, acrescentou.

Nenhum comentário: