domingo, 3 de outubro de 2010

ELEIÇÕES 2010 A MARCHA DAS APURAÇÕES.

Dr. Alberto Almeida vota em Palmeira.
Seu José Carroceiro Direito de Cidadão.
 Corredores Apertados à  Eleitores.


IMAGENS: EDSON SILVA - Durante as votações em Palmeira dos Índios, um município com 15 locais para votação, 136 sessões e 51.398 eleitores, ocorreu vários incidentes por parte dos eleitores, donos de bar e vereador. A vereadora Marta Gaia foi detida por estar distribuindo propaganda eleitoral no interior do local de votação no Colégio Cristo Redentor. Conduzida até a delegacia para  assinar um TCO, logo em seguida liberada e irá responder em liberdade  com trabalhos comunitários. O Juiz Eleitoral da 10ª Zona com apoio da guarnição da polícia militar prendeu em flagrante por posse ilegal de arma, o comerciante José Agripino Duarte, além de estar vendendo bebidas alcoolícas, foi encontrado em seu poder um revólver calibre 38, várias munições e um cigarro de maconha e várias armas branca que estava escondidos debaixo do balcão em seu bar que funciona também como ponto de prostituição. Ao ser preso em flagrante e interrogado, o mesmo negou desconhecer seus donos do material apreendido pela polícia militar. O Dr. Alberto Almeida votou na sessão 160 que funcionou no DNOCS, bem como o cidadão José Carroceiro sessão 237 no Marinete Neves. Juiz Eleitoral e carroceiro deram exemplos como cidadãos brasileiros.

Nenhum comentário: