quinta-feira, 25 de março de 2010

POLÊMICA NA COBRANÇA DO IPTU EM PALMEIRA

IMAGENS: EDSON SILVA - Uma cidade castigada por falta de infraestrutura. Como não bastasse, acabaram de penalizar os palmeirenses com um aumento de cobrança exorbitante no IPTU. A populaçao e Poder Legislativo foram pegos de surpresas com um imposto abusivo, que segundo as explicações do Diretor de Tributos, Alcides Fernandes de Barros Silva, é que o referido, lançado em 2003, com valores iguais até 2010, com base previsto na Legislação Tributária. O mesmo atualizou a Unidade Fiscal do Muicípio-UFM que até então vinha sendo cobrado o valor de R$ 1,00 para R$ 131,00 de acordo com o IPCA, acomulado durante cinco anos, que segundo ele, não houve aumento, e sim uma correção monetária. A desatualização nos últimos anos teve uma enorme perda de receita, inclusive enviando cobranças de IPTU até mesmo para a Zona Rural do Município, isso nunca visto em cidade alguma no paiz. Mais para Alcides, foi apenas um erro de lançamanto. Revoltados, população procurou de imediato os vereadores para que tomassem as providências, no sentido de esclarecer população a cobranca exessiva recebidas no IPTU, por parte da Prefeitura Municipal,  que tiveram suas cobranças diferenciadas, entre bairros nobres e pobres, e até a Zona Rural.

Nenhum comentário: