sábado, 28 de novembro de 2009

A MAGIA DO CINEMA NA TELONA

O Público assistem filmes gratuíto ao ar livre em Palmeira, na Praça da Independência. Atual ponto dos cinéfilos palmeirenses. "No Escurinho do Cinema".
IMAGEM: EDSON SILVA

O Slogan para o Cinema Comtemporâneo:
"FECHAM-SE AS CORTINAS, APAGAM-SE AS LUZES, E COMEÇA A ENGANAÇÃO"

Outrora, Palmeira dos Índios era considerada a cidade modelo. Cognominada como a Princesa do Sertão, causando inveja a outras cidade Alagoana. Existia na época, três grandes salas de Projeções na cidade para opção do público palmeirense. O cine Palácio e Moderno no centro da cidade, o cine São Luiz na saida para Maceió. Espectadores com olhos fixados na telona, encantados pela magia do cinema, superlotavam as salas de cinemas, despertando atenção dos adultos e crianças nas matines e soirês das quartas, sábados, domimgos e feriados. Com uma trajetória para projeção com luzes super incandescentes refletidas na tela, através de carvões minerais, que após passar pela janela de projeção refletindo na celulóide (filme) seguindo para o tambor debitador, cruz de malta (que faz o movimento da imagem), com uma sucessão gravadas e exibidas a 24 qps, seu foco direcionava à tela para exibição do filme. Este blogueiro ainda lembra do primeiro filme colorido que foi exibido em cinemascope no Cine Palácio cujo título "Redenção de Um Pistoleiro" causando espanto e impacto pela primeira vez aos olhos dos cinéfilos de Palmeira ao assistirem um filme colorido naquela época. Com a modernização e globalização, anos depois surgiu no mercado cinematográfico equipamentos mais sofisticados, atualmente chamados de projetores de vídeo, que podem ser transferidos e montados em qualquer lugar para exibição, coisas que anteriormente seria impossível. Segundo o Sr. Danilo Giarelli, produtor do "Cine Magia" através do Trident trousse o Cinema Itinerante para quatro cidades alagoanas: Palmeira, Maceió, Arapiraca e União dos Palmares, através da lei Renalt do Governo Federal com incentivo a Cultura as cidades. Atualmente se assiste o cinema ao ar livre, e com a comodidade que se deseja, com uma tela gigante medindo 2 Mts de altura por 7 de largura, um projetor de vídeo de resolução de imagem por 5000 lumens. Na observação como andarilho as quatros cidades de Alagoas, notadamente a maior participação de público veio da capital Maceió, marcando mais frequência de público, afirma Danilo.

Um comentário:

Suzy disse...

Gosto de cinema. Diz para passar o Kung Fu Panda em Palmeira. Tenho um amigo que mora aí, João Victor da Presentear.


Igor Maurício