quarta-feira, 10 de junho de 2009

CHUVAS DERRUBAM MORADIAS EM PALMEIRA

IMAGENS: EDSON SILVA


Casas são construidas nas encostas, quando há grande volume d'água a tendencia é levar tudo que encontrar pela frente.

A parede da cozinha da casa da vizinha, caiu sobre a casa de D. Maria Quitéria da Conceição, que teve sua lateral totalmente destruida.






Conforme mostra a foto, se não fosse a velha geladeira amortecendo o peso da viga e das telhas que caíram sobre ela, teria matado os sete ocupantes da mesma casa.
As fortes chuvas que caíram nesses últimos dias em nossa cidade, deixou um rastro de lama, destruição, desabamento, e duas pessoas levemente feridas. Na rua: São Miguel, região serrana da cidade denominada como alto do cruzeiro, que abriga mais de 5000 habitantes, neste final de semana, a parede da cozinha do Sr. Josenildo Bispo dos Santos, não suportando o peso das telhas e caibros, devido as fortes chuvas que caíram sobre aquele bairro, a parede da casa desabou, atingindo a residência do Sr. Marcos Davi Bezerra da Silva, que estava com esposa e seus 5 filhos assistindo televisão. Por sorte, se não fosse a velha geladeira que suportou todo o peso do teto que desabou em cima da mesma, teríamos sido soterrados, afirmou a doméstica Maria Quitéria. Infelizmente ainda atingiu a sala de visita, dois quartos, e deixou meus dois filhos ferido, o menor Weslei de 4 anos, e Denison de 16 anos, conduzidos pelo pessoal do Corpo de Bombeiros, para atendimento emergencial no hospital Regional Santa Rita, onde foram atendidos, medicados e liberados em seguida.

Nenhum comentário: