quinta-feira, 30 de julho de 2009

ALTO DO CRUZEIRO, UM PROBLEMA SOCIAL

IMAGENS: EDSON SILVA
Objetos estão sobre a mira da malandragem do Alto do Cruzeiro para roubarem e alimentar o tráfico.


Convidado pela comunidade do Alto do Cruzeiro para uma reunião sobre "Orçamento Participativo", o Dr. Rogério Paranhos da Infância e Juventude, se depara com um problema maior que o esperado. Ouviu do Sgtº Pinheiro, da Polícia Militar, denunciar os próprios colegas de farda que não estavam atendendo as necessidades daquela comunidade. Entre elas, a entrada de maconha e nóia, com o conhecimento da própria polícia, mais que nada fazem para coibir o tráfico e venda dos produtos trazidos para aquele bairro. Até a casa dos Vicentinos, está servindo como ponto de drogas. Diante do grave problema, o promotor enfatizou que a comunidade tem um papel fundamental, e as autoridades estão se omitindo a tal situação. Em seguida, tomou medidas enérgicas, no sentido de agilizar a Polícia Militar, para que o problema se torne maior. Casos graves acontecem aquela comunidade, bandidos roubam pertences da comunidade ao meio dia, e nada podem fazer, procuraram a polícia para cobrarem segurança para o alto, mais fazem vista grossa ao caso denunciado. Aquele povo vivem sobre tensão e medo naquele alto, afirma a moradora Genilda Bispo.

Nenhum comentário: